McKinsey Quarterly

O prêmio de um trilhão de dólares da nuvem está disponível

A nuvem tem um potencial imenso, mas a maior parte das empresas está apenas tocando a superfície. Pesquisas recentes deixam claro onde reside o valor – e como capturá-lo antes dos competidores.

O CEO da Moderna, Stéphane Bancel tomou a decisão de construir sua plataforma de pesquisa e desenvolvimento de mRNA em uma nuvem pública para criar o que ele chama de “software para a vida 1 ”, usando a nuvem como meio para acelerar descobertas e avanços terapêuticos. Quando a pandemia da COVID-19 chegou, essa estratégia mostrou-se profética – a empresa estava bem posicionada para desenhar experimentos de pesquisas rapidamente e tirar proveito do seu laboratório automatizado, dos processos de manufatura e do pipeline melhorado de descoberta de medicamentos.

Sidebar

A Moderna executa o aplicativo web proprietário, Drug Design Studio, na nuvem e alavanca a infraestrutura escalonável de computação e armazenamento para analisar e desenhar rapidamente sequências de mRNA em alvos proteicos. Cientistas e engenheiros também utilizam serviços totalmente gerenciados de armazenamento de dados na nuvem para integrar insights de múltiplos experimentos rodando em paralelo para, rapidamente, refinar o ciclo de desenho e produção 2 . Sobretudo, a adoção de princípios da nuvem, tais como infraestrutura como código (IaC) e segurança como código, ajudaram a automatizar processos de compliance de boas práticas (GxP) para que a organização pudesse se movimentar rapidamente, enquanto permanecia segura e em conformidade 3 . Em parte, graças à nuvem a Moderna foi capaz de entregar o primeiro lote clínico da sua candidata à vacina (mRNA-1273) ao Instituto Nacional de Saúde dos Estados Unidos para os ensaios da fase um apenas 42 dias após o sequenciamento inicial do vírus, 4 porque, nas palavras de Bancel, “você não precisa reinventar tudo, você simplesmente voa 5 .”

Sidebar

Cada vez mais empresas estão começando a ver os reais benefícios da nuvem 6 , que há tempos têm sido alardeada como um catalisador da inovação e da transformação digital graças a sua capacidade de aumentar a velocidade do desenvolvimento e fornecer escala sem limites. Embora o sucesso da Moderna seja um exemplo das oportunidades de negócio que a nuvem torna possível, ele apenas toca a superfície do potencial valor em jogo. Uma análise detalhada das alavancas de otimização de custo da nuvem e casos de uso de negócios baseados em valor prevê que mais de $1 trilhão em run rate do EBITDA de empresas Fortune 500 está disponível para serem capturados em 2030 (ver Coluna “Sobre a pesquisa”), um número que tende a crescer à medida que a nuvem facilita a adoção de tecnologias emergentes, tais como realidade aumentada e blockchain. Esse $1 trilhão é menos uma previsão e mais uma estimativa do que seria possível se as empresas buscarem agressivamente a oportunidade – e atenderem à chamada à ação – da nuvem, uma vez que os primeiros a adotá-la capturarão uma parcela desproporcional do valor total.

O advento desse imenso pool de valor surge em um momento de aumento da pressão competitiva sobre as empresas. Players digitais dinâmicos estão criando um panorama de negócios fluido e estão acelerando o ritmo da mudança. Para os CEOs, a adoção da nuvem não se trata de um mero mecanismo de crescimento e eficiência da receita. Seus benefícios em termos de velocidade, escala, inovação e produtividade são essenciais à busca de oportunidades mais amplas de negócios digitais, tanto agora quanto no futuro. Contudo, ainda há uma visão muito estreita a respeito dos economics do valor da nuvem e de onde esse valor reside, o que com frequência impede que as empresas alcancem os resultados desejados.

Video
De insights ao impacto
O prêmio de um trilhão de dólares da nuvem está disponível, com William Forrest (em inglês)

A boa notícia é que muitas empresas em diversas indústrias implementaram a nuvem pública com sucesso tendo alcançado resultados impressionantes. Tais empresas seguem três melhores práticas. Primeiro, elas executam uma estratégia bem definida e voltada ao valor em TI e nos negócios, e instalam um modelo operacional pronto para a nuvem. Segundo, elas desenvolvem uma experiência própria com a nuvem e adotam uma mentalidade muito mais avançada tecnologicamente do que a de seus pares. Finalmente, elas se destacam no desenvolvimento de uma força de trabalho conhecedora da nuvem.

Nossa pesquisa identificou os pools de valor da adoção da nuvem em três dimensões – rejuvenescimento, inovação e pioneirismo –, bem como as alavancas desse valor das duas primeiras dimensões. A pesquisa também destaca as prováveis avenidas de crescimento na dimensão “pioneirismo”. Os CEOs podem começar essa jornada (em inglês) trabalhando com sua liderança de tecnologia para focar em quatro ações: definição de metas ambiciosas, busca de um caso econômico robusto, adoção de formas de trabalhar nativas da nuvem e investimento em plataformas de nuvem padronizadas e automatizadas.

Dimensões do valor

Dimensionamos o valor somente nas dimensões “rejuvenescimento” e “inovação”, uma vez que muitos dos casos de uso em “pioneirismo” ainda estão evoluindo e seu impacto em 2030 é difícil de quantificar com uma precisão razoável. Contudo, eles apresentam o próximo estágio da evolução do valor da nuvem, de modo que os líderes deveriam começar a testá-los seriamente agora para beneficiar-se dessas tecnologias no futuro.

We strive to provide individuals with disabilities equal access to our website. If you would like information about this content we will be happy to work with you. Please email us at: McKinsey_Website_Accessibility@mckinsey.com

Empresas em todas as indústrias podem capturar valor substancial da nuvem, mas ele não está distribuído uniformemente. Os setores de tecnologia, petróleo e gás, varejo, sistemas e serviços de saúde, seguro e bancário (em inglês)

We strive to provide individuals with disabilities equal access to our website. If you would like information about this content we will be happy to work with you. Please email us at: McKinsey_Website_Accessibility@mckinsey.com

Essa distribuição do valor provavelmente mudará à medida que o impacto da nuvem evolui. O acesso democratizado a poder e infraestrutura computacionais pode reconfigurar o panorama nas indústrias que historicamente não têm sido muito competitivas. A exemplo de diversas disrupções tecnológicas anteriores, a nuvem provoca uma mudança nas barreiras à entrada em vários mercados, que vão desde escala até habilidades, permitindo que pequenas empresas com as habilidades certas possam escalonar seus negócios na mais recente infraestrutura sem se preocupar com os custos iniciais, criando, assim, uma ameaça às organizações estabelecidas e mais lentas.

Os casos de uso também diferem conforme a indústria. Soluções que destravam o valor da nuvem incluem otimização do estoque no varejo, previsão automatizada em petróleo e gás, suporte via chatbot para empresas de alta tecnologia e otimização do call center em bancos (Quadro 2).

We strive to provide individuals with disabilities equal access to our website. If you would like information about this content we will be happy to work with you. Please email us at: McKinsey_Website_Accessibility@mckinsey.com

Capturando valor: sete alavancas de valor sustentam as três dimensões

À medida que as empresas avaliam as oportunidades viabilizadas pela nuvem, uma análise detalhada das fontes de valor pode ajudar a identificar onde elas devem concentrar sua atenção, funcionários e recursos. Ao longo das três dimensões, há sete alavancas de valor que podem, juntas, gerar mais de $1 trilhão em valor (Quadro 3).

We strive to provide individuals with disabilities equal access to our website. If you would like information about this content we will be happy to work with you. Please email us at: McKinsey_Website_Accessibility@mckinsey.com

Rejuvenescimento

Rejuvenescimento descreve a interrupção do uso de abordagens tradicionais e a adoção da nuvem para reduzir os custos e riscos de TI e das principais operações.

Alavanca de valor 1: otimização de custos de TI

Sidebar

O modelo tradicional de gestão de aplicativos e infraestrutura local é inerentemente ineficiente, uma vez que é altamente manual e costuma fazer uso de equipamentos tecnológicos caros com capacidade inferior.

O economics da computação em nuvem, por sua vez, é controverso e complicado. Por um lado, a nuvem fornece acesso a capacidades automatizadas que as empresas jamais conseguiriam financiar de forma local, e os provedores de serviços em nuvem (CSPs) alavancam a correlação inversa dos padrões de uso de carga de trabalho para gerenciar seus ativos com uma utilização muito mais alta. Por outro lado, os CSPs cobram com base no consumo e as empresas devem remediar aplicações existentes para poder executá-las na nuvem com eficiência.

Da mesma forma, as migrações do tipo “lift and shift” (levantar e mudar) de aplicativos locais existentes para a nuvem podem, de fato, aumentar o custo se não forem otimizadas (em inglês) ou remediadas corretamente. Em contrapartida, as empresas que desenvolveram novos sistemas na nuvem ou remediaram os aplicativos existentes para alavancar os atributos de nuvem estão observando melhorias de eficiência excepcionais. Além disso, a nuvem permite uma maior produtividade de desenvolvimento por meio de novas formas de trabalho, tais como a metodologia ágil e DevSecOps, bem como melhorias na eficiência por meio de fluxos de trabalho e automação baseados em autoatendimento, tais como as reparações automatizadas. Pesquisas iniciais indicam que, quando a empresa migra para a nuvem pública, os desenvolvedores gastam menos tempo (mensurável) em infraestrutura e suporte à produção e mais em requerimentos e desenvolvimento de negócios.

As pesquisas também mostra que o uso eficaz da nuvem pode melhorar em 38% a produtividade do desenvolvimento e manutenção de aplicativos e em 29% a eficiência de custo da infraestrutura de aplicativos migrados. Como resultado, um aumento de 10% para 60% na participação de aplicativos na nuvem de empresas Fortune 500 poderia gerar benefícios da ordem de $56 bilhões em desenvolvimento e manutenção de aplicativos e de $12 bilhões em gastos com infraestrutura.

Alavanca de valor 2: maior resiliência e menor custo de paralisação

Sidebar

Em 2030, as empresas perderão cerca de $650 bilhões como resultado de paralisações de sistemas e falhas de segurança. Por meio de uma arquitetura mais resiliente, a nuvem foi capaz de reduzir as paralisações em cerca de 57% para aplicativos migrados, resultando em uma redução de 26% no custo devido a falhas 7 . Ademais, a nuvem poderia melhorar a integridade da plataforma por meio de processos e controles de segurança incorporados e automatizados (tais como DevSecOps). Esses recursos reduzem os riscos tecnológicos por meio de um stack de tecnologia moderno e consistente em todos os ambientes.

Alavanca de valor 3: operações principais

Sidebar

A nuvem acelera e, em alguns casos, destrava a implementação das mais recentes soluções de tecnologia e digitalização no back-office, tais como contabilidade e gestão de talentos baseadas em analytics. As organizações que migram para a nuvem pública destravam valor adicional ao reorientarem e requalificarem sua força de trabalho, visando focar em tarefas de maior valor como o desenvolvimento de produtos e serviços que atendem a demandas dos clientes. A nuvem pode permitir uma redução do esforço manual por meio de modelos baseados em API, padronização e automação (por exemplo, IaC).

Inovação

A segunda dimensão envolve a utilização da nuvem para acelerar ou viabilizar a inovação por meio de tecnologias como advanced analytics, IoT e automação em escala. Elas fornecem às empresas formas de buscar o crescimento alavancado pela inovação e a otimização do custo de operação do negócio. O tamanho do valor potencial é grande e reflete o fato de que nem todas as organizações têm maturidade na nuvem para alcançar um grau de inovação similar. Analisamos 700 casos de usos para determinar o impacto da nuvem ao destravar valor. O valor foi atribuído em uma escala que varia de 100% do valor em casos selecionados, 30% na maior parte dos casos e nenhum valor em um pequeno número de casos (Quadro 4).

We strive to provide individuals with disabilities equal access to our website. If you would like information about this content we will be happy to work with you. Please email us at: McKinsey_Website_Accessibility@mckinsey.com

Alavanca de valor 4: crescimento a partir de casos de uso novos e melhorados

Sidebar

A mentalidade “fail fast” (falhar rápido) é uma característica distintiva das empresas mais inovadoras, e a nuvem facilita essa abordagem ao fornecer acesso sob demanda a uma capacidade de infraestrutura e um poder computacional praticamente ilimitados. A nuvem permite às empresas experimentarem com aplicativos e novos modelos de negócio a um custo mais baixo e maior velocidade. Os executivos que adotam a nuvem evitam o desembolso inicial de um grande volume de capital ao lançarem ou expandirem os negócios. Para apoiar essa mudança, as organizações precisam de novos modelos operacionais focados em, gestão de consumo, ganho de visibilidade sobre a demanda futura e formação de equipes de operações financeiras integradas (FinOps) (em inglês) entre outros, para manter o controle fiscal.

Alavanca de valor 5: desenvolvimento acelerado de produtos

Sidebar

As empresas adotaram a nuvem para melhorar a agilidade de seu modelo operacional, acelerando a implementação de casos de uso ao mesmo tempo em que reduzem o investimento em P&D. Elas conseguem configurar soluções mais facilmente na nuvem do que localmente, o que lhes permite acompanhar a velocidade das mudanças nos negócios e criar um comando de responsividade. Além disso, a migração para a nuvem pública permite às organizações ter acesso a ferramentas e capacidades inovadoras oferecidas pelos CSPs, tais como contêineres, microsserviços, funções de DevOps, integração contínua e entrega contínua (CI/CD) e arquitetura avançada sem servidores. Tudo isso aprimora o desenvolvimento de produtos desde o início e acelera dramaticamente o design, o desenvolvimento e o ramp-up, ajudando as empresas a reduzir substancialmente o time-to-market.

Alavanca de valor 6: escalonamento rápido

Sidebar

A infraestrutura e a presença global dos provedores de serviços na nuvem pode ser alavancada para escalonar produtos quase instantaneamente em um amplo conjunto de segmentos de cliente, geografias e canais. Além disso, as organizações podem ganhar acesso a uma elasticidade sob demanda instantânea em termos de capacidade de computação e armazenamento – elementos críticos ao desenvolvimento e lançamento de novos negócios.

Pioneirismo

Como o nome sugere, a terceira dimensão da adoção da nuvem, “pioneirismo”, é onde a empresa pode ampliar o valor da tecnologia após ter alcançado um certo nível de maturidade na nuvem. Neste estágio, as empresas podem tirar proveito da nuvem para experimentar novas tecnologias, tais como blockchain, computação quântica, realidade virtual e aumentada e impressão 3D.

Alavanca de valor 7: adoção de tecnologias emergentes

Sidebar

Com modelos operacionais ágeis, as organizações podem estabelecer “equipes swat” dinâmicas para desenvolver provas de conceito. Tal nível avançado de maturidade na nuvem tem o benefício adicional de atrair e reter talentos de alto nível para trabalhar com tecnologias emergentes. Esse é um fator crítico à medida que as empresas buscam incorporar tecnologias transformadoras que ainda não alcançaram adoção em massa. Embora o impacto de tecnologias emergentes seja difícil de calcular, os líderes devem considerar as potenciais aplicações e comprometer-se com o entendimento de seu valor potencial. A nuvem ajuda a acelerar esse processo.

Espera-se que computação quântica proporcione (em inglês) uma melhoria de desempenho significativa, com potencial de provocar uma disrupção nos modelos de negócios existentes. Ao migrarem sua infraestrutura para a nuvem e adaptarem seu modelo operacional, as empresas estarão mais bem posicionadas para colher os benefícios da computação quântica baseada na nuvem quando surgirem casos de uso relevantes. Os CSPs já oferecem esse tipo de serviço de computação que permite às organizações executar algoritmos híbridos quânticos e clássicos.

Outras tecnologias emergentes como realidade virtual e aumentada e impressão 3D também são altamente promissoras. A empresa de tecnologia da saúde Axial3D, por exemplo, fornece a médicos modelos anatômicos 3D específicos para cada paciente, usando um ambiente de desenvolvimento integrado nativo da nuvem para machine learning.

O que as empresas maduras na adoção da nuvem estão fazendo direito

A nuvem oferece um valor imenso, mas os benefícios não aparecem magicamente. A nuvem requer uma estratégia orientada ao valor bem definida e uma execução coordenada pelo TI e pelos negócios (em inglês) para poder realizar seu pleno valor. Por exemplo, as organizações que simplesmente fazem uma migração do tipo “lift and shift” para a nuvem, sem mudança na arquitetura, perdem os principais benefícios como autoescalonamento e gestão de desempenho automatizada. Sobretudo, o sucesso requer um modelo operacional com tecnologia de negócio preparada para a nuvem, que seja construído em torno do ciclo de vida de um produto, o que melhora a produtividade do desenvolvedor e, portanto, acelera o desenvolvimento do produto.

A experiência é importante e as empresas com alta maturidade na nuvem exibem diferentes mentalidades de adoção em relação a seus pares. Uma importante pesquisa de terceiros sobre 705 usuários de nuvem pública indica que as empresas com maior maturidade na nuvem compartilham uma série de características: elas adotam precocemente tecnologias de última geração (71%), inovam agressivamente (72%) e enxergam a tecnologia com um diferencial competitivo e capacitador-chave para o desenvolvimento e lançamento de novos negócios (79%). Ao serem pioneiras, essas organizações adquirem experiência considerável na nuvem, superando seus pares nos resultados obtidos com a tecnologia (Quadro 5).

We strive to provide individuals with disabilities equal access to our website. If you would like information about this content we will be happy to work with you. Please email us at: McKinsey_Website_Accessibility@mckinsey.com

O desenvolvimento de capacidades gera resultados tangíveis. Empresas altamente maduras na nuvem buscam excelência em conhecimento e habilidades, o que se traduz em uma força de trabalho profundamente conhecedora dessa tecnologia. Para capacitar a força de trabalho, essas empresas criam planos de carreira e papéis especificamente para especialistas na nuvem, além de criarem programas de aprendizagem customizados para o desenvolvimento de habilidades e competências específicas da nuvem. Além disso, elas asseguram que todos os trabalhadores da empresa recebam treinamento prático sobre capacidades pertinentes à nuvem.

Quatro ações-chave para começar

Um dos erros mais comuns cometidos pelas empresas ao integrar a nuvem e desenvolver um portfólio de casos de uso. Individualmente, esses casos de uso podem gerar alguns benefícios, mas coletivamente eles não possuem a escala para criar o valor potencial total. Em nossa experiência, as empresas com melhor desempenho nesse quesito tomam quatro ações-chave para criar um caminho de melhoria do desempenho baseado na nuvem 8 .

Definição de uma aspiração de negócio ambiciosa e urgente

Muitos líderes sabem que a nuvem liberta a empresa das limitações de tecnologias tradicionais, mas eles continuam presos a modelos desatualizados em relação ao que podem alcançar e estabelecem padrões demasiadamente baixos. Os líderes de negócios e TI devem articular uma ambição de alto valor de forma clara e urgente – uma grande jogada que pode ser alcançada se eles trabalharem juntos na nuvem.

Busca de um caso econômico robusto

Um caso de negócio para a adoção da nuvem deve estar fundamentado em um claro entendimento do economics da nuvem em termos de economias de custo (rejuvenescimento) e aceleração do negócio (inovação). Ele deve ser ajustado aos riscos da transformação e priorizado pelo domínio do negócio, incluindo as alocações de recursos necessários e o sequenciamento de tarefas. Uma abordagem eficaz de desenvolvimento de casos de negócio de inovação seria analisar e articular o valor que pode ser destravado ou acelerado pela nuvem. Por exemplo, um caso de inovação de negócio de uma seguradora que pretende atualizar seus modelos analíticos de subscrição duas vezes mais rapidamente em uma nuvem pública do que em uma infraestrutura tradicional local deve calcular tanto as melhorias no retorno do investimento quanto o valor de liberar capacidade para inovação adicional.

Embora os detalhes variem de organização para organização, descobrimos que um caso de negócio holístico e robusto pode ajudar as empresas a criar consenso entre as funções e momentum organizacional para alcançar as metas em um período de dois anos.

Adoção de formas de trabalho ágeis e nativas da nuvem

O escopo da mudança necessária para tirar proveito da nuvem exige que as empresas tenham expertise real: líderes, funcionários e parceiros com ampla experiência em nuvem e em transformações de nuvem, e profissionais especialistas e um amplo ecossistema. Além disso, esforços de nuvem bem-sucedidos só são possíveis se as organizações transformarem suas operações. Isso inclui, por exemplo, uma abordagem DevSecFinOps com pequenas equipes multifuncionais trabalhando em uma arquitetura bem definida para entregar casos de negócio (em vez de aplicativos) em ciclos iterativos rápidos, políticas que incorporam segurança no desenvolvimento e automação de processos de ponta a ponta.

Construção de uma plataforma de nuvem padronizada e automatizada

Esta ação-chave se refere a investir na criação de uma plataforma padronizada e automatizada que melhore a produtividade e entregue uma excelente experiência de autoatendimento aos desenvolvedores, que estão entre os principais consumidores da nuvem. Os desenvolvedores podem usar serviços baseados em API para a provisão de cargas de trabalho de forma segura e resiliente em plataformas na nuvem. Um nível mais alto de automação também reduz o tempo necessário para fazer um protótipo de novas ideias de negócios, o que ajuda as empresas a inovar e escalonar mais rapidamente.


A aceleração do digital provocada pela pandemia provavelmente irá continuar muito além da crise da COVID-19, e as empresas devem preparar-se para responder e adaptar-se rapidamente. A nuvem não apenas pode ajudar as organizações a movimentar-se de forma mais dinâmica e reduzir os custos de TI como também pode apoiar a inovação e a integração de tecnologias emergentes, poderosas e disruptivas. As empresas, contudo, somente poderão capturar sua parcela do prêmio de um trilhão de dólares se desenvolverem uma visão clara do valor em jogo e os casos de negócio que devem priorizar.

Explore a career with us

Related Articles